18°C
Clear sky

Pauta do ICMS dos combustíveis deve ser reduzida, defende Major Araújo

“Goiás cobra o segundo maior imposto do Brasil”. A afirmação é do deputado Major Araújo (PSL) ao discursar durante a Ordem do Dia da sessão ordinária híbrida da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego) desta terça-feira, 4. O parlamentar manifestou insatisfação com a pauta do Imposto Sobre Operações de Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação (ICMS), que segundo ele, encarece o preço dos combustíveis em Goiás.
Araújo defende uma diminuição do tributo sobre os derivados de petróleo. “A exemplo de outros estados, Goiás precisa rever a pauta entre o maior e o menor preço para favorecer o consumidor”, disse o deputado.
O parlamentar registrou, ainda, haver falta de fiscalização ao que chamou de cartel dos combustíveis.

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp