24°C
Overcast clouds

PF investiga “rolo” no Programa Farmácia Popular

A Polícia Federal deflagra na madrugada de hoje, 23, a Operação Abutre, visando desbaratar organização criminosa dedicada à promoção de fraudes em desfavor do Programa Farmácia Popular, do Ministério da Saúde.

Cerca de 70 policiais federais estão cumprindo 17 mandados de busca e apreensão, expedidos pela 11ª Vara Federal, nos Estados de Goiás, Mato Grosso, Paraná e no Distrito Federal.

A investigação identificou que o grupo criminoso adquiriu fundos de comércio de farmácias, mediante sucessão societária fraudulenta, encerrando, na sequência, as atividades comerciais, promovendo, entretanto, lançamentos inexistentes (vendas efetivamente não efetuadas – dispensação de medicamentos) no banco de dados do Programa Farmácia Popular, a fim de desviar valores vultosos do referido programa federal.

Ao menos 10 milhões de reais teriam sido desviados do programa, criado com o objetivo de oferecer mais uma alternativa de acesso da população aos medicamentos considerados essenciais.

Foi determinado o sequestro de imóvel em condomínio de luxo, bem como o bloqueio judicial de várias contas bancárias em nome dos investigados.

A ofensiva visa identificar outras pessoas que teriam envolvimento com a organização criminosa, além de comprovar a destinação dos recursos públicos ilicitamente desviados, seja por meio de transferências para terceiros, aquisição de bens ou incorporação patrimonial em favor dos envolvidos.

 

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp