19°C
Clear sky

Plenário deve votar em definitivo projeto que busca apoio de estudantes para prevenção do câncer de mama

O Plenário da Assembleia Legislativa deve apreciar, em segunda e definitiva votação, no decorrer do mês de agosto, o projeto de lei nº 1116/22, do deputado Paulo Cezar Martins (PL). A matéria promove adequação na Lei nº 20.290, de 20 de setembro de 2018, que institui a campanha de prevenção ao câncer de mama denominada mundialmente de “Outubro Rosa”. Na prática, a propositura estende a campanha “Outubro Rosa” para as escolas no estado de Goiás. 
Ao justificar a sua iniciativa parlamentar, Paulo Cezar lembra que o câncer de mama é o tipo mais comum da doença entre as mulheres no mundo. De acordo com o Observatório Global do Câncer (tradução literal de Global Cancer Observatory – GCO), em 2020, 2,26 milhões de novos casos registrados da doença oncológica foram do câncer de mama, responsável pela marca de 11,7% do total de casos.
Ainda, na justificativa o deputado ressalta, que, “por outro lado, mesmo que a incidência do câncer de mama seja maior, a taxa de mortalidade é menos preocupante, sobretudo quando há o diagnóstico precoce da doença. A mamografia é o principal recurso para diagnóstico precoce, pois é capaz de identificar nódulos. Neste contexto, quanto mais rápido o diagnóstico do câncer de mama, menores são as chances de comprometimento em outros órgãos, e maior a possibilidade de cura.
Paulo Cezar Martins conclui: “Logo, a referida campanha é de suma importância, visto que as alunas funcionarão como agentes multiplicadoras destas informações, criando, assim, uma rede de prevenção em suas comunidades”.
Se for aprovada em Plenário, a matéria seguirá para a sanção da Governadoria.

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp