19°C
Scattered clouds

Poder público fecha festas clandestinas, no DF um “surubão” foi interrompido

No DF festa de swing com troca de casais foi interrompida. Encontros pornográficos são marcados via WhatsApp

Enquanto os hospitais lotam e faltam Uti’s, uma parcela da população ainda insiste em desrespeitar as normas restritivas de combate a covid-19. Um bando de adolescentes e jovens revertidos de papeis de marginaizinhos inconsequentes marcam encontros por grupos de aplicativos regados a drogas, músicas de gosto duvidoso, muita putaria e meninas dispostas a se entregar pelo simples prazer de serem nada na mão de idiotas.

Goiânia

Diante de pais com braços cruzados resta a ações de fiscalização do poder público. Em Goiânia equipes da Central de Fiscalização interditaram nessa madrugada ( domingo ) uma festa clandestina que acontecia em uma chácara na Vila Perpétuo Socorro em Goiânia.

Na madrugada do sábado uma festa em uma residência no setor residencial talismã com cerca de 30 pessoas também foi finalizada, o som automotivo que incomodava toda vizinhança fez com que os moradores pedissem ajuda.

Aparecida de Goiânia

A Guarda Civil de Aparecida de Goiânia (GCM) com apoio de fiscais de Posturas e agentes de Vigilância Sanitária encerraram na noite deste sábado, 14, uma festa irregular com cerca de 30 pessoas, no Jardim Tiradentes.

DF

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) encerrou uma festa clandestina de swing, na tarde de domingo (14/3), em Samambaia. Aproximadamente 60 pessoas, algumas fazendo sexo, foram alvo da Operação Afrodite.

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp