21°C
Scattered clouds

Presidente do TSE fala sobre os desafios da realização de eleições durante a pandemia de Covid-19

Ministro Barroso enumerou medidas de segurança adotadas pelo Brasil nas Eleições 2020 ao falar em seminário do Parlamento do Mercosul

Na manhã desta quarta-feira (15), data em que se comemora o Dia Internacional da Democracia, o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luís Roberto Barroso, falou sobre as medidas adotadas pelo Brasil para a realização de eleições seguras durante a pandemia de Covid-19. 

O pronunciamento foi gravado pelo presidente da Corte Eleitoral brasileira para exibição durante o seminário “Elecciones em tempos de pandemia”, realizado pelo Parlamento do Mercosul, organização que possui representantes de todos os países que constituem o bloco político-econômico. 

A primeira providência tomada, segundo o ministro, foi impedir o cancelamento das eleições, que havia sido a solução inicial apresentada por alguns membros do Congresso Nacional. O passo seguinte foi pedir que o pleito fosse adiado para que não ocorresse no auge da pandemia. Barroso ressaltou que todas as decisões foram tomadas com as devidas adequações legais e em comum acordo com os parlamentares brasileiros.

“Em seguida, criei uma comissão de estatísticos para determinar quanto tempo necessitaríamos para fazer as eleições sem aglomerações. Para isso, aumentamos o período de votação em uma hora e reservamos as primeiras três horas para as pessoas idosas, com mais de 60 anos”, afirmou o presidente do TSE.

Veja mais

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp