19°C
Scattered clouds

PRF apreendeu mais de R$ 17 milhões em drogas nas rodovias federais piauienses

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgou, nesta quarta-feira (3), os números referentes ao cenário de combate à criminalidade durante o ano de 2020 no Piauí. Ao todo, foram 1.498 pessoas presas pelo cometimento de diversos crimes. Com relação ao combate ao tráfico de drogas, foram 43 detidos, resultando na apreensão de 436 kg de maconha, 145,7 kg de cocaína e 14,2 kg de crack. O diferencial foi a qualidade da droga apreendida, principalmente por se tratar, na maioria, de cloridrato de cocaína, pasta base e skunk, que têm alto teor de pureza. Por ter um alto valor, a PRF deu um prejuízo aos traficantes na ordem de R$ 17.521.704.

A PRF também fez a apreensão de 1.929 unidades de anfetaminas, resultado que representa um aumento de 63,8% se comparado ao ano de 2019. A maioria das ações ocorreu com condutores de veículos de carga que utilizam esse medicamento para permanecer mais tempo acordado e consequentemente dirigindo. Todas as pessoas flagradas nesse tipo de ocorrência foram autuadas e responderão pelo crime de porte de droga para consumo.

Com relação ao crime de contrabando, a PRF prendeu 13 pessoas e apreendeu 630.100 maços de cigarros, um prejuízo de R$ 3.150.500 às organizações criminosas.

No combate aos crimes ambientais, a PRF superou em 25% a quantidade de madeiras apreendidas em 2019. Foram 2.779,92 m³ de madeira que daria pra construir 1.854 casas populares. Toda a madeira foi apreendida e encaminhada aos órgãos ambientais.

Outros crimes
A instituição promoveu em 2020 a apreensão de 40 armas de fogo de diversos calibres e 439 unidades de munições, além da apreensão de R$ 487.249 que estava em poder de organizações criminosas. Esse valor supera em 98,1% a quantidade de dinheiro apreendida em 2019.

Sobre o trabalho de combate às fraudes veiculares, a PRF do Piauí esteve no cenário nacional como um dos estados que mais recuperam veículos roubados ou adulterados. Foram 448 veículos recuperados, superando em 35,8% a quantidade de 2019; e 239 veículos que estavam adulterados, superando em 25,8% a quantidade do ano anterior. – Ag. Brasil – YWD 987623

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp