18°C
Few clouds

Surfe: Medina, Jadson e Filipinho seguem atrás do título em G-Land

Depois de cinco dias sem disputas, a etapa da Liga Mundial de Surfe (WSL) em G-Land, na Indonésia, tirou o atraso com diversas baterias entre a noite de quinta (2) e a manhã de sexta (3). Na chave masculina os brasileiros Gabriel Medina, Jadson André e Filipe Toledo avançaram até as quartas de final. Entre as mulheres Tatiana Weston-Webb, que havia vencido sua bateria na primeira fase há seis dias e se classificado diretamente para as quartas, também está entre as que ainda buscam o título.

A etapa indonésia, a sexta no calendário da WSL, ficou cinco dias sem competições por causa das condições desfavoráveis do mar. Na retomada, 16 surfistas caíram na água para a disputa da segunda fase (a repescagem) entre os homens, sendo cinco brasileiros. Filipe Toledo, Jadson André e Samuel Pupo (batendo Kelly Slater) avançaram para as oitavas de final, enquanto Caio Ibelli e Yago Dora ficaram pelo caminho.

Na fase seguinte, já com o mar em não tão boas condições para o surfe, os irmãos Samuel e Miguel Pupo acabaram eliminados (por Kanoa Igarashi e Griffin Colapinto, respectivamente), enquanto o campeão olímpico Ítalo Ferreira parou no australiano Connor O’Leary, em bateria vencida com um placar baixo (9,90 a 7,93).

O caminho para conquistar o #QuiksilverProGLand está ficando cada vez mais apertado. E para você? Quem vai ser o grande vencedor da etapa? 🏆🏄‍♂️

🚨 Próxima chamada: sexta-feira, 03/06, às 21:15!#WSLBrasil pic.twitter.com/hMXYUBVYDM

— WSL Brasil 🇧🇷 (@WSLBrasil) June 3, 2022

O líder da corrida em 2022, Filipe Toledo passou para as quartas ao derrotar o surfista local Rio Waida, que foi convidado e o derrotou na primeira fase.

“É sempre difícil enfrentar wildcards [convidados]. Eles não têm pressão alguma por cortes ou títulos, podem apenas se divertir e sempre dificultam para a gente. Eu tinha uma estratégia em mente e funcionou. O mar vai estar melhor amanhã e espero que a previsão se confirme, para a gente ter mais oportunidades de surfar”, disse Filipinho, em declaração enviada à assessoria do evento. Filipe venceu por 11,23 a 8,57 e agora enfrenta o americano Griffin Colapinto.

Outros dois brasileiros avançaram e vão se enfrentar: o potiguar Jadson André derrotou o bicampeão mundial John John Florence (vice-líder da temporada) por 9,53 a 9,37 conquistando a apertada vitória já no fim da bateria. O adversário dele será outro campeão mundial: Gabriel Medina, que na Indonésia disputa sua primeira etapa na temporada após um período afastado das competições, conseguiu a melhor nota do dia e derrotou o americano Kolohe Andino por 14,67 a 10,67.

Entre as mulheres Tatiana Weston-Webb enfim conheceu sua adversária nas quartas. Será a norte-americana Lakey Peterson, que derrotou a havaiana Gabriela Bryan na repescagem.

A janela da etapa de G-Land vai até a próxima segunda-feira (6). Segundo a organização, a próxima chamada para baterias está prevista para as 7h15 de sábado (4) na Indonésia, 21h15 ainda desta sexta (3) no horário de Brasília.

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp