21°C
Overcast clouds

Turismo de SP lança o primeiro Mapa da Diversidade de destinos

A Secretaria de Turismo e Viagens de São Paulo lançou nesta segunda-feira (22) o primeiro Mapa da Diversidade dos destinos, com 59 municípios classificados como amigáveis e inclusivos, com atrações pensadas especialmente para viajantes idosos, afrodescendentes, LGBTI+, pessoas com deficiência e comunidades tradicionais.

O objetivo da ação é dar visibilidade às boas práticas e fomentar a adesão de novos municípios. O lançamento aconteceu na 5ª Conferência Internacional da Diversidade – Empresas, Cultura e Turismo LGBT, da Câmara LGBT de Turismo.

É a primeira vez que um estado brasileiro inclui vários grupos em um único mapa. “Dar nome aos municípios que acolhem e estimulam a inclusão é uma forma de revelar ao público um turismo sem preconceitos e sem barreiras, que São Paulo deseja desenvolver cada vez mais”, diz o secretário de Turismo e Viagens de São Paulo, Vinicius Lummertz.

Ilhabela é um destes destinos – e se destacou pela acessibilidade, com experiências em cadeiras anfíbias. Atibaia tem uma pousada pensada para atender o público LGBTQI+. Jundiaí avança com um projeto para fomentar o turismo na terceira idade que inclui 16 atrações. Eldorado, por sua vez, fomenta o turismo em um quilombo e São Sebastião promove uma rota caiçara com inúmeras atrações culturais.

A terceira idade é o grupo mais contemplado pelos municípios (49%), seguido pelo afroturismo (46%), acessibilidade (41%), turismo de base comunitária (32%) e turismo LGBTQI+ (29%).

O lançamento do mapa faz parte das celebrações do mês da consciência negra e dos 20 anos da primeira lei contra LGBTfobia no país. Teve a parceria de nove secretarias de governo: Turismo e Viagens, Cultura e Economia Criativa, Desenvolvimento Econômico, Desenvolvimento Regional, Desenvolvimento Social, Infraestrutura e Meio Ambiente, Justiça e Cidadania, Direitos da Pessoa com Deficiência e Relações Internacionais. Todas participarão das ações de qualificação.

O tema da inclusão tem transformado a atuação da Secretaria de Turismo e Viagens de SP. Os municípios que atendem à comunidade LGBTQI+, por exemplo, atualmente somam pontos na pesquisa de ranqueamento de destinos, o que pode ajudá-los a receber mais recursos.

Antes do lançamento do mapa, o secretário Executivo da Setur-SP, Guilherme Miranda, participou do painel Redescoberta do Turismo Regional, ao lado dos representantes da Bahia e do Rio Grande do Sul.

“Estamos em um momento de felicidade pela retomada do turismo que, por conta da vacina, temos condições de planejar nossas estratégias. Como o Turismo é um setor de muitos setores, precisamos fidelizar o público regional e mostrar mais segurança ao lado dos expressivos cenários paulistas”.

O post Turismo de SP lança o primeiro Mapa da Diversidade de destinos apareceu primeiro em Governo do Estado de São Paulo.

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp