20°C
Overcast clouds

Vereador de Aparecida nega que tenha cometido preconceito religioso

Por meio da Diretoria de Comunicação da Câmara Municipal de Aparecida de Goiânia, o vereador e pastor João Santana (PRP) nega ter cometido preconceito religioso depois que um suposto áudio com o tom de voz dele circulou em grupos de aplicativo de conversa.

No conteúdo percebe-se que o vereador manda um recado a alguém (não identificado). Ele teria tido que “não sou macumbeiro, não sou espírita, sou pastor e não vou fazer média para esses carinhas dessas secretariazinhas de raça social não rapaz… sai fora, não vou me misturar com estes pretos macumbeiros. Eu prego contra eles uai”. (ouça o áudio na integra). Fontes alegam que ele teria se recusado a participar de um culto ecumênico.

Em nota divulgada hoje, 20, a Câmara alega que “repudia veemente qualquer tipo de manifestação que discriminam minorias raciais e religiosas e não tem conhecimento de nenhum caso do tipo que tenha acontecido em suas instalações ou por seus representantes durante debates legislativos”,

Ainda segundo a nota, o vereador se mostrou indignado, afirmando que o teor do áudio não compete com a postura que ele sempre teve em relação a todas religiões e também atribuiu o fato à perseguição política, uma vez que, segundo ele, “estamos nos aproximando das campanhas eleitorais municipais”

Imagem: Câmara Municipal

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp