28°C
Clear sky

Vigilância encerra duas festas clandestinas em São Paulo

O comitê formado pelo governo paulista para fiscalizar festas clandestinas flagrou dois eventos na noite de ontem (3) na capital paulista. Os dois locais descumpriam o Plano São Paulo, que proíbe a realização de festas, neste momento, por causa da pandemia do novo coronavírus.

Ao contrário de outras cidades, não foi feriado nesta quinta-feira na capital paulista. A prefeitura de São Paulo havia adiantado o feriado de Corpus Christi para o mês de março por causa da pandemia.

Segundo o comitê, cerca de 190 pessoas foram flagradas nas festas durante a fiscalização e a maioria delas não usava máscara de proteção e nem respeitava o distanciamento social.

Uma das festas ocorria na Avenida Lopes de Azevedo, no Morumbi, e a outra, na Rua Guararapes, em Cidade Monções. Os organizadores dos dois eventos foram localizados e autuados. Máquinas de crédito e débito e mesas controladoras de som foram apreendidas.

As ações foram deflagradas pelo Grupo Armado de Repressão a Roubos (Garra), pelo Departamento de Operações Especiais de Polícia (Dope), em conjunto com a Vigilância Sanitária, a Fundação Procon e órgãos fiscalizadores do município.

Qualquer pessoa pode denunciar festas clandestinas e funcionamento irregular de serviços não essenciais pelo telefone 0800-771-3541 e também no site ou pelo email do Centro de Vigilância Sanitária.

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp