Prefeitura de Goiânia começa a fazer teste rápido mais complexo para dengue nas unidades de saúde

Date:

Share post:

Teste rápido de dengue IgG, IgM e antígeno NS1 avalia se pessoa está infectada naquele momento, ou se possui anticorpos para a doença. Esta é mais uma estratégia adotada pelo município no enfrentamento da doença

Preocupada com o crescente número de casos de dengue em Goiânia, a Prefeitura tem intensificado as ações de controle do mosquito Aedes aegypti e investido na melhoria e ampliação da assistência à população. Uma das novas iniciativas foi a aquisição do teste rápido de dengue IgG, IgM e antígeno NS1.

O novo teste, adquirido por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), é capaz de detectar qualitativamente os anticorpos de classe IgG e IgM, além do antígeno NS1 do vírus da dengue. Ou seja, com o resultado, que sai em 15 minutos, é possível avaliar se a pessoa está infectada no momento e se possui anticorpos para a doença. O teste é feito por meio de uma coleta de sangue.

“Esse novo teste é um grande reforço que a Prefeitura de Goiânia implementa na identificação do diagnóstico precoce da dengue e também no manejo e tratamento corretos do paciente. Pois, quanto mais cedo o diagnóstico for feito, mais chances o paciente tem de não desenvolver complicações”, destaca o titular da SMS, Wilson Pollara.

Ele também esclarece sobre quem pode ser submetido ao teste. “Conforme protocolo, o teste é indicado para aquele paciente que apresenta pelo menos três sintomas da dengue, sendo que um deles tem que ser a febre porque é um dos principais sintomas da enfermidade”, diz.

Testes
Inicialmente, a Prefeitura adquiriu 12 mil testes que já estão sendo usados nas unidades de urgência e emergência. Após capacitação dos profissionais, as Unidades de Saúde da Família (USFs) e os Centros de Saúde (CSs), também passam a utilizar o teste a partir da próxima segunda-feira (18/3). Unidades já vinham realizando o teste rápido para dengue NS1 e agora passam a fazer o mais completo.

O que são Antígeno NS1, IgM e IgG
A NS1 é uma proteína do vírus da dengue que está presente em altas concentrações no sangue de pessoas portadoras da doença, desde o início da infecção e pode ser detectada a partir do 1º a 2º dias de sintomas. Por diminuir com o passar do tempo, a partir do 6º dia de sintomas os níveis de antígeno NS1 podem ser muito baixos para serem detectados pelo exame.

Na dengue, o anticorpo IgM é produzido de cinco a seis dias após o início da infecção, podendo permanecer positivo até 30 a 90 dias após a cura da doença. Os anticorpos IgG são produzidos mais tardiamente quando o corpo já esteve em contato com o vírus por algum tempo e são indicadores de doença não-aguda. Na dengue, eles começam a ser produzidos entre o 7º e o 10º dias.

Sintomas
Segundo o Ministério da Saúde (MS), os principais sintomas são: febre de 38º ou mais; dor no corpo e atrás dos olhos; mal-estar; falta de apetite; dor de cabeça e manchas vermelhas no corpo.

spot_img

Notícias relacionados

Ao lado de Caiado, Daniel, Gustavo e Sandro, prefeito Vilmar se filia ao União Brasil

­Vilmar une base do governador em Aparecida e vai disputar reeleição com apoio de UB, MDB e quase...

Prefeitura de Aparecida inaugura moderna central semafórica nesta terça-feira

Espaço contará com monitoramento em tempo real dos semáforos da cidade, além de integração com aplicativo Waze que...

Prefeito Vilmar assina ordem de serviço para construção de nova Casa de acolhimento para crianças em Aparecida

Espaço irá garantir a segurança de integralidade de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade ou risco de violência O...

Vacinação contra a gripe segue em 38 postos de Aparecida de Goiânia

Idosos, gestantes, crianças de 6 meses a menores de 6 anos, pessoas com deficiência ou comorbidades, trabalhadores da...